domingo, 6 de janeiro de 2013

Jovem é morto na favela do Detran após confusão em jogo de "biloca"

Um crime com características banais foi registrado na tarde deste sábado (5), no residencial Esperança, mais conhecido como favela do Detran, no bairro da Cidade da Esperança. O adolescente de 15 anos identificado como Lindenberg Antônio Rodrigues foi morto por um colega após uma partida de bola de gude.

De acordo com a avó da vítima, Francisca Gomes, o neto morava com a mãe há um ano na comunidade e por volta de 11h recebeu a notícia que o adolescente tinha sido baleado perto de casa. "Eu fiquei desesperada com a notícia. Quando eu cheguei lá encontrei meu netinho no chão sem se mexer e todo cheio de sangue", relatou.

Ainda segundo Francisca, Lindenberg morreu durante um jogo de bola de gude. Um colega que jogava com o adolescente perdeu a partida e logo em seguida houve uma discussão. O jovem prometeu para Lindenberg que iria até sua residencia, mas voltaria armado e assim fez.

Poucos minutos depois, o acusado, que ainda não foi identificado pela polícia, voltou de posse de um revólver e atirou duas vezes, atingindo a cabeça e as costas do adolescente, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A polícia realizou diligências no local com a finalidade de prender o autor do assassinato, mas não obteve êxito.


Com informações de Sérgio Costa, para o Portal BO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário